20 janeiro, 2016

Coletico Gastronômico - Chapati

Olha ai o primeiro post de 2016 do Coletivo Gastronômico. E o tema não poderia ser outro senão o VERÃO! Receitas para nosso verãozão! 

Como já estava com a receita do chapati, um pãozinho ázimo (sem fermentação) bem leve e rápido, ótimo para essa correria das férias, optei por ele. Vai bem e qualquer hora que bate aquela fominha, com frios, patês, no café da manhã, puro mesmo, em forma de wrap. Use sua criatividade e mãos na massa!!

E dai que o pão é um alimento que me faz muita falta. E sabemos que consumir muita farinha branca não é muito saudável.

Sabia que tinha um pacote de farinha integral da minha dispensa e queria fazer algo semelhante a um pãozinho pra matar minha vontade de mastigar uma massinha.

Acabei chegando nos chapatis. Fáceis e bem rápido e o melhor, 100% integral.

Não ia postar a receita pois por isso as fotos são do celular mesmo mas como uma amiga minha pediu, resolvi compartilhar com vocês. Posso dizer que é uma mão na roda naquelas horas de desespero por um pãozinho.

O chapati é um pão típico da culinária indiana e indo-portuguesa. Dado o número elevado de descendentes de goeses radicados em Moçambique, é também um pão comum nas mesas nesse país africano. É um tipo de pão ázimo pois não necessita ser fermentado.
Os chapatis são preparados com uma farinha de trigo integral especial, tradicional da Índia, também denominada chapati. Estes pães são normalmente consumidos no desjejum, podendo, no entanto, ser consumidos em qualquer refeição ao longo do dia, de preferência quentes, acabados de fazer.
Para além da farinha de trigo integral, pode incluir ainda açúcar, manteiga, óleo e sal. Com estes ingredientes é formada uma massa, que é usada para formar apas (pão-folha) com cerca de 15 cm de diâmetro, que são assados numa frigideira e finalizados na chama do fogão.
Olha só que simples!
CHAPATI

Ingredientes:
1 xícara de farinha de trigo integral bem fininha
1 colher de café de sal
1 colher de sopa de azeite de oliva
1/2 xícara de água filtrada
Faz assim: Algumas farinhas integrais já são bem fininhas. Outras mais grossas. Se for o caso da sua, peneire a farinha eliminando a parte mais grossa, senão os chapatis não inflam! Coloque a farinha com o sal e o azeite numa tigela. Misture bem com a ponta dos dedos até formar uma farofa bem grossa. Acrescente 1/4 da água e misture bem com as mãos até formar uma farofinha bem fina. A partir dai vá juntando a água aos poucos e sovando a massa na tigela mesmo. O ponto da massa é bem úmida e macia, eu nem precisei usar a água toda. O importante é não colocar mais farinha do que o informado, portanto vá adicionando a água com parcimônia! Polvilhe farinha de trigo branca numa bancada e sove a massa por 5 minutos. Faça uma cobrinha com a massa e corte-a em 8 partes. Faça bolinha e abra com um rolo de massa até formar discos bem fininhos.
Aqueça uma frigideira antiaderente sem passar nada e aqueça os chapatis por 40 segundos de cada lado. Deixe outra boca do fogão acesa e assim que tirar o chapati da frigideira, coloque-o direto na chama acesa. Ele vai inflar e dar uma tostadinha. 

Vá virando com uma pinça de inox até que fique a seu gosto. Se você for usar com algum recheio enroladinho não deixe tostar muito porque ele fica bem crocante e quebradiço. Eu já gosto dele bem chamuscado!

Como no café da manhã ou acompanhando as refeições principais, como os indianos!
Conserve dentro de saquinhos de papel ou de congelar, bem fechados por até três dias!
Quer ver mais receitinhas gostosas pro verão? Então visite meus amigos!
Mosaico de Receitas - Risoto de Limão Siciliano
Gastronomia e Mais - Espetinho de Frango e Canela
Na Biroskinha - Tabule Doce
Minha Marmita Tem - Rolinho de Abobrinha

Espero que tenham gostado.

Beijinhos
Carol

5 comentários:

Patricia Lopes disse...

Delícia, Carol. Nada mais perfeito e leve para o verão! :)

Cinara Soares disse...

Carol, que diferente. Nunca comi. A textura lembra o que? Pão sírio? Mesmo não conhecendo, adorei!!!

Bjs

Rachel disse...

Excelente acompanhamento para cremes ou pates...tão bem vindos no verão.
Adorei! Bjuss!!!

Fabiola disse...

Carol, realmente este pão é tão bacana! Ainda não experimentei, mas fiquei muito tentada.Certamente fica mais barato que comprar pão sírio. Fico aqui imaginando quantas e quantas pessoas neste mundo consomem este pão: milhares se pensarmos na Índia inteira, não é verdade? E pão carrega em si a história da humanidade, isso é de respeitar!
Aproveita, pega o seu pão e vem comer tomando o meu Lassi. Até parece que combinamos!!!!
Beijo
Fabiola

Priscila Schulz - Receita Esperta disse...

Nossa, que delícia!!! Amei a receita, já quero fazer. Beijão